A voz

Rede sociais. A voz que qualquer um pode ter. Você pode escrever seus pensamentos, suas críticas, suas opiniões sem importar a quem vai alcançar, ou com o intuito de alcançar aquela pessoa que queria atingir.

Essa voz. Estou cansada disso. Estamos trocando a conversa do “olho no olho” para os ataques revestidos de indiretas mal feitas e cheias de ódio e rancor. Estamos trocando o compartilhar dos momentos especiais com quem amamos para mostrar para pessoas que nem se importam conosco de verdade o que temos, o que comemos ou como ganhamos e como nos divertimos.

Essa voz. Estou cansada disso. Acreditamos que temos um grande papel de digitar aquilo que pensamos sem pensar. Acreditamos que essa voz será diferença na vida de outros, quando na verdade nós queremos nos promover, mostrar que somos donos da razão, que nossa opinião é imutável e que se discordarem estão excluídos do nosso circulo de amizades, e na verdade onde esse círculo existe mesmo? Na vida real? Acho que não.

Meus amados irmãos, tenham isto em mente: Sejam todos prontos para ouvir, tardios para falar e tardios para irar-se, pois a ira do homem não produz a justiça de Deus.
Tiago 1:19,20

Ao pensar sobre isso, encontro esperança na Voz que pode trazer toda a paz.

Esse texto é um desabafo, e não quero que se torne mais um ‘post’ de crítica. Por isso quero contar sobre a Voz da paz. Essa Voz, que só conseguimos ouvir no íntimo do nosso coração, quando calamos. Quando aquietamos. Quando estamos no nosso quarto, e fechamos a nossa porta.

Essa Voz que ensina e conta cada detalhe de cuidado me fazendo agradecer. Que resenha todos os dias as injustiças que me cercam lá fora e me confronta a ser diferente e sair da minha zona de conforto e fazer alguma coisa dentro das minhas possibilidades. Que fala em esperança e finais felizes que acontecem quando conhecemos a verdade, lançando fora toda injustiça, ódio e rancor. Que fala sobre graça abundante. Que tem sabedoria para se calar quando for necessário, e fala quando precisa. Que corrigi quando eu erro. Que se alegra quando acerto. Que consola quando mais ninguém poderia consolar. Que fala até mesmo com um nascer e um por do sol: “eu estou aqui”.

Por favor, precisamos aprender. Jesus está voltando. E o qual tem sido nossa voz? De esperança? De amor ao próximo?

“Pois Ele é a voz que fala ao coração
Sobre esperança e um futuro além do que se pode ver
E o Reino vem aos que esperam o Desejado das nações
Em Seu nome a Terra treme
O reino vem” A voz – Os Arrais.

Anúncios

Eu escolhi esperar…

somente EM Deus!

Escolher esperar está na moda novamente, esse “escolher esperar” leva a pessoa a ter um propósito diante de Deus, e ela deve esse compromisso. (Detalhe: esperar em Deus nunca saiu de moda…)

Sim, eu concordo, nós devemos escolher esperar em vários aspectos em nossa vida, alem do mais Deus é soberano sobre todas as coisas e podemos confiar nEle.

Mas, eu não concordo quando o “escolher esperar” é um fardo, algo dificil de se cumprir, quando aquilo que você realmente quer fazer não se enquadra no padrão “escolher esperar”.

Escolher esperar não deve ser algo que:

  • você não possa cumprir:

Se você escolhe esperar em Deus, tem que ser fiel a Ele! Você até pode exibir para o mundo o seu propósito, mas por favor, cumpra aquilo que você diz! Escolher esperar não é uma brincadeira e como já disse nunca saiu de moda. Escolher esperar é o dever de todo cristão que quer ser a luva. (Como disse o Pr. Ed Rene Kivitz: um cristão deve ser como uma luva, onde Cristo Jesus preenche nosso vazio e nos usa!)

  • seja apoiado em pessoas ou  líderes :

Esperar é uma escolha de um filho para um pai, onde ninguem pode interferir, por isso pessoas, líderes, religiões não podem fazer você “escolher esperar” sendo que você não será totalmente fiel para cumprir.

  • você se vanglorie:

Seu propósito em esperar não deve ser feito para se vangloriar, esperar nem sepre é fácil, nós somos falhos, muitas vezes não confiamos e perdemos a fé quando as respostas não vem. Se você acha que “escolher esperar” é uma grande virtude, lembre-se “Assim, aquele que julga estar firme, cuide-se para que não caia!” 1Co 10.12

  • leve você a obedecer por obrigação:

Se você escolheu esperar e isso não te dá paz, preciso que saiba de uma coisa, você não fez esse propósito de todo o seu coração. Escolher esperar não deve ser um fardo para cumprir, escolher esperar em Deus é um privilégio, afinal podemos confiar em nosso Pai, isso quer dizer que escolher esperar, em qualquer circunstância, é o momento que você não mais fica ansioso, por exemplo se está solteiro ou não, e sim crê que Deus entende e se importa com as necessidades do seu coração!

Escolher esperar é uma decisão que Deus espera de todo filho seu. Deus tem esperado muitas coisas de nós e por mais que a gente demore a cumprir seu chamado Ele não nos descrimina por demorar.

Escolha esperar somente em Deus para que vocês “não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus” Filipenses 4.6

Deixe sua marca!

Você já parou pra pensar qual é a marca que vc está deixando aqui no mundo? Como as pessoas vão se lembrar de você? Por muito tempo vivi sem me importar em deixar a minha marca, afinal eu era apenas mais uma no meio de uma multidão, onde os meus atos perante a sociedade não eram de grande valor. Descobri que estava totalmente errada.

Deixar a sua marca não tem uma receita certa a se cumprir, não existe um manual, nós deixamos a nossa marca querendo ou não, a marca pode ser de amor, alegria, carinho, compreensão, como também de tristeza, ódio, rancor e indiferença. Tudo depende de como você quer ser reconhecido pelas pessoas. Se você passa o dia inteiro reclamando de tudo (se faz sol, reclama por estar quente; se faz chuva, reclama por estar molhado…) você vai ser conhecido pelas suas reclamações.O grande problema é que nós queremos ganhar em tudo e em todos, sempre nos colocamos em primeiro lugar sem se importar com quem está do nosso lado, nada pode ser dividido, ao invés de se cumprir aquela famosa frase “é tudo nosso”, não, as pessoas hoje tem falado: é tudo meu.

Isso me faz lembrar do Kiko, aquele personagem inesquecível de “Chaves”, ele tinha todos brinquedos possiveis, sempre um grande doce para se exibir, e era exatamente o que acontecia, puro exibicionismo do que ele tinha acabado de ganhar. Nunca dividia seus brinquedos, e quando os outros apareciam com uma brincadeira diferente ele tinha que estar no meio, ou para apenas brincar, ou para mostrar que ele tinha uma bola maior, um carrinho melhor, etc. Infelizmente isso acontece na sociedade em geral, até mesmo no meio cristão, as pessoas tem necessidade de mostrar como são melhores do que as outras para ficar bem consigo mesmas. O fato é, até quando isso vai acontecer? É como uma bola de neve, é sem fim, as pessoas não tem mais controle sobre isso.

E como mudar essa dura realidade?

Deixar a sua marca no mundo implica em ultilizar aqueles recursos que tem em suas mãos para fazer a diferença. Não importa se as habilidades que você tem são grandiosas, o importante mesmo é ultilizar aquilo que você sabe fazer, de melhor, para marcar aqueles que estão ao seu redor. A marca começa desde fazer alguem rir até ser um grande especialista em medicina. O importante é fazer, e fazer com amor!A minha oração, hoje, é que os jovens cristãos despertem para a realidade das ruas do nosso país!

Andando pelas ruas vemos a dura realidade das pessoas presas por vicios, fome, prostituição, sem nenhuma perspectiva de vida. A unica solução está em querermos ser a cada dia mais parecidos com Jesus.Jesus demonstrava amor, um amor incondicional!

É esse amor que precisa ser demonstrado, um amor sem tamanho, medida ou condição, o verdadeiro amor que só vem de Deus, a começar pela nossa familia, amigos e igreja. Eu tenho plena convicção que a partir daí vamos atingir as ruas de nossas cidades, nosso estado e nação!

Tudo isso não deve ser um lindo sonho no papel somente, tem que ser praticado. Deixar a sua marca é fazer parte do plano que Deus tem pro mundo.

Eu já decidi, eu não quero ficar de fora do que Deus está fazendo no mundo. E você, quer deixar a sua marca?

O barro da mágoa

“Mas Esaú correu ao encontro de Jacó e abraçou-se ao seu pescoço, e o beijou. E eles choraram.” Gênesis 33.4

Como deve ter sido lindo essa imagem de reecontro de Esaú e Jacó, talvez nem os maiores e melhores cineastas conseguiriam fazer tal encontro com tanta emoção como descrita na Bíblia.
Lendo essa passagem da história de Jacó hoje e conhecendo o por quê que esse reencontro foi importante percebi que com o passar do tempo as mágoas são esquecidas.  É como aquela velha história que meus pais sempre me contam:
“Certo dia uma garotinha havia acabado de ganhar uma boneca, uma boneca de porcelana linda. Após ter brincando um pouco com ela resolveu  chamar sua grande amiga para ver sua nova boneca. Enquanto sua amiga brincava com a boneca aconteceu um acidente, e seu presente não estava assim tão mais lindo. Naturalmente a garotinha ficou com muita raiva porque perdera sua boneca mais linda, mas sua avó com sabedoria lhe disse:  não fique assim, acidentes acontecem, podemos ir na loja e comprar outra boneca para você. A garotinha então respondeu: mas vovó, eu estou muito magoada com ela, ela quebrou a minha linda boneca – então sua avó respondeu com muito amor e carinho: sua mágoa é como uma roupa manchada com barro,  enquanto o barro estiver molhado a gente não pode lavar a roupa porque ela irá sujar mais, nós só podemos limpar o barro da roupa quando ele estiver totalmente seco. Isso quer dizer que mesmo que você esteja magoada com sua amiga isso vai passar e você vai poder perdoá-la, é mais fácil comprar uma nova boneca do que perder uma amiga por algo tão pequeno.”
O barro sempre seca, a mágoa sempre vai embora em seu tempo.
É bom não cultivarmos a mágoa em nossos corações, e sim entregar todo sentimento a Deus, assim o barro da mágoa seca mais rápido e assim vamos curando o nosso coração e nos fortalecendo no AMOR que vem de Deus.
Deixo uma letra de música para a reflexão.

Sobrevivi ao temporal – Vila do Louvor
Vivi e sonhei
Acordei, Vi a ferida ali,
O buraco, o vazio
Chorei de dor, senti o frio

Caí na dura real
Não sabia se era esse o normal
Não se pode voltar tão atrás,
Cacos que não se ajuntam mais

O que senti não sei definir tão bem
Sei que muitas, muitas vezes chorei
Corri pra Deus, senti a confusão, vasculhei o coração
Deixei a raiva sair, pedi para entra o perdão

A tempestade que veio em cheio me atingiu,
Arrastou, levou muito de mim,
Mas se não fosse assim seria eu quem sou ?

Se era o mal a intenção, não destruiu meu coração
Não quero achar que é normal
Só o que sei, estou aqui,
Sobrevivi ao temporal

Campanha: #Oreporsuafamília


Depois de um tempo sem escrever nada aqui no meu blog, posso dizer que senti saudades de expor aqui meus pensamentos e de certa forma passar para as pessoas o que tenho aprendido e vivido.
E agora em maio, nada melhor do que se falar sobre a família (15 de Maio – Dia Internacional das Famílias), alias o mês de maio além de ter o dia das mães é também o chamado mês das noivas.

Quando comecei a escrever fiquei pensando como eu escreveria sobre família sendo que ainda tenho tão pouca experiência no assunto. Talvez meus avós seriam mais sábios,e com certeza seriam, ao definir e argumentar sobre tal tema mas o que importa é que eu também estou dentro de uma família e, sendo jovem, também sonho com o meu futuro lar, o que é muito importante na vida do jovem cristão.

Na Bíblia podemos encontrar exemplos de famílias que em Deus encontraram libertação. Relendo a famosa história de Noé algo me chamou atenção. Quando Nóe estava construindo a arca, ele não se importou com o que as pessoas iriam achar, ele simplesmente construiu, obedeceu a Deus, e sua família o apoiou.

Quando a família está no centro da vontade de Deus, ela por completa, vive em união, união essa selada pelo AMOR de Deus.

Deus instituiu a família desde o inicio da criação, e esse era o plano dEle, que em momentos difíceis tivessemos o apoio dos nossos queridos pais e irmãos, e é por isso que NUNCA devemos desistir de nosssa família, ela é muito importante para ser deixada de lado, e por mais que seja dificil a sua situação, saiba: a oração com fé pode sim, com toda a certeza, te ajudar a resolver os seus problemas familiares.

“E tudo o que pedirem em oração, se crerem, vocês receberão”. Mateus 21.22

Deixo aqui uma campanha:
Vamos orar por nossas famílias durante todo esse mês e assim vamos ver as maravilhas que Deus tem reservado para nós. Compre essa idéia, coloque em suas redes sociais e principalmente no twitter!

#Oreporsuafamília

Férias

Depois de um bom tempo sem aparecer por aqui, peço desculpas por mais uma vez que eu não atualizei o blog com tanta frequência. Sim, eu realmente tirei umas férias, mas estou de volta! =)

Essa semana então volto com textos semanais! Espero que vocês gostem!!

Carol Z.