Paz

Tempo de paz. Tempo de sentir algo que excede qualquer entendimento. Só conhece a paz quem já passou por muita tempestade. Mas onde podemos encontrá-la se estamos vivendo dias difíceis, e o noticiário só nos diz que vamos passar por mais dificuldades?

Estou de férias no momento. Minha faculdade volta em alguns dias, e toda a correria com trabalhos, e datas, e provas, e toda a preocupação vai voltar, assim de uma hora pra outra. A paz que estou sentindo nesse momento é bem grande, estou em casa, estou feliz, faço o que gosto, assisto minhas séries preferidas, durmo até tarde, revejo amigos. Mas quando as aulas voltarem, essa paz vai ficar pequena, e vou esperar novamente por férias. É uma paz realmente passageira.
Porém, quero dizer que existe a verdadeira paz, que não tem explicação, ela simplesmente vem e toma o nosso coração. É a paz em que confiamos de todo o nosso coração que tudo ficará bem em qualquer circunstância.
Quando adolescente, tudo é tão terrível, parece que o problema daquela espinha que apareceu bem no dia do seu aniversário nunca vai acabar, vai durar a eternidade para as pessoas esquecerem o quanto você estava ridículo, tudo é muito intenso. Quando jovem a incerteza de como escolher sua carreira, como formar uma família, ser bem sucedidos suas escolhas, toma o seu tempo e para que tudo saia perfeito como sonhou. Quando adulto tem o dever de suprir necessidade dos filhos, estar atento ao legado que vai deixar.
A vida sempre vai deixar preocupações que podem nos atormentar e tirar nossa paz, momentaneamente ou a longo prazo. Mas exite alguém que oferece uma paz que não é passageira, que vai além do que imaginamos, e quando provamos não queremos perdê-la.

A paz que buscamos só pode ser encontrada em Jesus. Em João 14.27 diz: “Deixo-lhes a paz; a minha paz lhes dou. Não a dou como o mundo a dá. Não se perturbem os seus corações, nem tenham medo.”. Graças a Jesus podemos ter paz mesmo em um mundo cheio de guerra. Ele veio para trazer paz. Jesus oferece paz ao coração que está inquieto e temeroso, oferece paz quando precisamos tomar decisões. Essa paz não é como a que o mundo dá, em que a certeza está no incerto e tudo aquilo que conquistamos de uma hora para outra vira um turbilhão de problemas. Jesus oferece paz com a certeza que podemos confiar que Ele está conosco, que está cuidando de tudo, e que Ele sabe o que é melhor para nós. Isso não significa que não teremos mais ventos e tempestades tentando nos abalar, significa que teremos paz se tivermos fé em Cristo Jesus. Teremos paz até o dia em que viveremos na eternidade pois Ele suprirá cada necessidade material, sentimental e espiritual.

A paz é um fruto do espírito. “Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio. Contra essas coisas não há lei.” (Gálatas 5.22-23).  Devemos exercitar os frutos do Espírito em nossa vida, e isso é bem provado no nosso cotidiano. Quantas vezes não precisamos exercitar o amor, paciência, fidelidade com o nosso próximo. A paz também pode ser exercitada. Nós podemos ser agentes da paz. Em um mundo onde tudo é concorrido, apostado, discutido, onde o “eu” vem à frente de tudo e de todos, ter paz para oferecer é realmente demonstrar que Jesus transformou a sua vida. Se você é um agente de paz, as pessoas ao seu redor vão notar que você sempre estará disposto a fazer o que é certo, a não prosseguir com uma briga, a respeitar seus superiores, a ter uma palavra de calma e ânimo quando as coisas não vão bem.

Essa paz excede qualquer entendimento. Filipenses 4.6-7 “Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os seus corações e as suas mentes em Cristo Jesus.”. E quando tudo parecer não ter solução, quando seu coração encher de ansiedade apresente seus pedidos a Deus, clame em oração por uma solução. Ele se importa com você, Ele sabe o que se passa no seu coração e mesmo assim quer ter um tempo em ouvir o que te aflige. Ele nos ama e quer a nossa confiança. Ore, fale tudo o que seu coração deseja, e dessa forma você poderá experimentar essa paz que só sentimos quando entregamos a nossa vida para Deus cuidar.

Neste mundo cheio de aflições e incertezas ainda podemos ter paz. É tempo de paz!

Carol Zeeberg

Anúncios

Preciso voltar

Preciso voltar. Nunca fechei esse blog com a esperança de um dia voltar a escrever, e acho que esse é o momento. Não sei quantos posts vou conseguir escrever. Não sei o quanto será relevante. Mas preciso voltar.
Preciso voltar a viver um dia de cada vez, a esperar no Senhor, a tentar entender todo esse amor que Ele demonstra em cada detalhe.
Preciso parar de me preocupar só com meus problemas egoístas e estar atenta com os problemas bem maiores dó que estão comigo e de alguma maneira tentar ajudar.

Preciso colocar em prática…
“Finalmente, irmãos, tudo o que for verdadeiro, tudo o que for nobre, tudo o que for correto, tudo o que for puro, tudo o que for amável, tudo o que for de boa fama, se houver algo de excelente ou digno de louvor, pensem nessas coisas.
Ponham em prática tudo o que vocês aprenderam, receberam, ouviram e viram em mim. E o Deus da paz estará com vocês.” Filipenses 4.8-9

E pra voltar, como de costume, deixo uma música, música que acabei de conhecer, mas que já fala muito mais do que eu poderia expressar aqui.

Conceitos – Vila do Louvor

Você é mais do que o sonho bom
ou uma verdade distante
também não é sentimento embalado por canções
Eu não sou arrogante ao ponto de determinar
um conceito tão vago pra alguém que vai além do que eu penso,
do que eu sinto, do que eu sei,
Oh Deus tu és, muito mais do que eu possa cantar,
eu não vou fugir de te amar, a história que eu vivo sai de tuas mãos
Oh Deus tu és, muito mais do que eu possa entender,
TEU AMOR eu não vou esquecer e não há mais o q dizer, eu só posso amar você.

 

 

 

A minha preocupação

Pra começar esse texto, vou ter que voltar um mês atrás. Sim, esse será um texto longo, mas assim como eu aprendi, espero que vocês tirem algumas lições do que vou lhes contar.
Como todos sabem, nesses dois últimos anos, eu tenho enfrentado o tão “temido” VESTIBULAR, até fiz uma brincadeira com essa fase (você pode ler esse post e vai entender do que estou falando https://teuamorfazviver.wordpress.com/2011/10/09/eu-nao-queria-assumir-isso/ ). Não foi fácil, meus pais é quem sabem o quanto ficava desanimada e pensava que nunca conseguiria.
Nesse ultimo mês, nos primeiros dias de fevereiro, estava marcado os dias que iria receber as respostas das minhas provas, e sem perceber, meu coração se encheu de ansiedade pra que esses dias chegassem logo. Eles chegaram, e não foi com boas notícias.
Na sexta-feira (3), quando recebi o primeiro não, meu coração se encheu de dúvidas, e de certa revolta, eu queria ter coragem de falar pra Deus: Senhor, eu fiz o meu melhor, quero tanto entrar em uma faculdade, e parece que você não liga pra isso… Eu não tinha coragem, mas Deus sabia o que se passava no meu coração.
Na sexta e no sábado eu passei todo o dia fingindo estar bem, perto de todos ao meu redor, mas de uma forma maravilhosa Deus não me deixou ficar assim por muito tempo. No sábado (4), a noite, tivemos um encontro dos jovens na igreja, e com todo carinho de um Pai, Deus falou comigo.
Um dos jovens da igreja deu um testemunho e ele citou umas das músicas do Petra, ‘Too big To fail’ , que diz Deus é muito grande pra falhar, isso me chamou muita atenção. Deus realmente é muito grande pra falhar conosco, e pensando bem, se eu não passei no vestibular foi porque eu falhei nos estudos, e não porque Deus falhou comigo. Foi citado naquele dia também o texto de Mateus 6:33.
Naquele momento meu coração já estava mais calmo, e comecei a lembrar de tantas vezes que disse que iria confiar e descansar em Deus, com as questões do futuro. Descobri que ainda não conseguia confiar de todo meu coração, mesmo que eu tenha dito isso muitas vezes cantando uma de minhas músicas. Acabei gravando esse vídeo no domingo a tarde, e com toda atenção, eu ouvi as minhas próprias palavras cantadas: “O Senhor é o meu pastor, e nada me faltará. Em Ti, Senhor, eu me alegrarei, pois sei posso descansar”


Depois de tudo isso, fiquei feliz novamente, eu sabia que Deus estava no controle de todas as coisas, e que agora bastava passar alguns dias pra ver a colocação e minhas notas nas provas. Passou alguns dias fiquei feliz quando vi a minha colocação, e soube que ainda teria chances. Então o que restava era esperar as próximas chamadas.
Chegou o dia da segunda chamada (9), e a resposta? Não. Chegou o dia da terceira chamada (14), e a resposta? Também não.
Isso realmente me deixou preocupada. Durante anos a minha colocação era chamada, e então a resposta foi não. Essa preocupação tomou meu coração, e em resposta, ao invés de buscar a Deus em primeiro lugar, comecei  a pensar como seria esse meu ano, mais um ano em cursinhos, e provas, e ansiedades.
Esperar é muito chato, e esperar quase 3 semanas para a próxima lista foi difícil. Todo aquele sentimento voltou sem eu mesma perceber. Ansiedade, preocupação, desanimo. Então algo maravilhoso aconteceu.
No domingo (26), durante todo o dia, as pessoas perguntavam o que tinha acontecido comigo, porque eu estava triste, e eu respondia: não é nada, estou apenas cansada.
Quando chegou a noite, comecei a me arrumar pra ir ao culto na minha igreja, e pensando cheguei a conclusão: Senhor, essa minha preocupação é válida pra mim, então me ajude a entender tudo isso que esta acontecendo, prepara meu coração.
Na mensagem, meu pastor simplesmente mudou o que tinha preparado, ali na hora. Deus falou com Ele naquele momento, pra que ele pregasse em cima de outro texto. Acreditem, era o mesmo texto que citei ali em cima, Mateus 6.25-34.
O que mais me marcou foi, “Busquem, pois, em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas lhes serão acrescentadas.”.
Entendi que a minha preocupação era importante para Deus, mas que eu não podia viver para isso. Deus queria me mostrar que qualquer preocupação não pode ser maior do que buscar a Ele e primeiro lugar. E a paz que excede todo entendimento inundou meu coração de esperança.
Desse dia em diante, meu coração ficou em paz, e espero conseguir viver assim pra sempre, sabendo que Deus está comigo, que Ele é muito grande pra falhar e vou buscar a Ele cada dia mais!
Com muita alegria, quinta-feira, dia 1 de março, lançaram a quarta chamada, e meu nome estava lá!
Eu  precisei esperar essa quarta chamada pra saber que Ele estará comigo pra sempre! 

Talvez você também esteja esperando respostas de Deus, querendo ouvir sua voz pra saber como continuar, ou com problemas em seu trabalho, na família e até mesmo saber como Deus irá resolver sua vida sentimental.
Saiba que Deus é muito grande pra falhar com um filho seu. Ele conhece todas as coisas que estão guardadas em seu coração, e Ele se importa demais com suas preocupações, mas talvez falte você se importar com o reino de Deus, você se doar para Ele, como Jesus fez conosco um dia.
Confie em Deus e viva para Ele, e todas as coisas vão acontecendo em seu tempo!

“Senhor, hoje, quero lhe agradecer por aprender tantas coisas, e por saber que Tu estás comigo! Obrigada Senhor por falar comigo novamente, por não desistir de me mostrar que não preciso me preocupar, basta confiar em Ti! Que eu não me esqueça disso nunca! Em nome de Jesus, amém.”

É simples assim!

Cansei!
Como cansei!

Saber a verdade sobre a vida não é a oportunidade de muitos, mas os que conhecem, desprezam o fato de que é isso que os torna vivos.
A verdade é que muitos jovens, chamados ‘cristãos’, conhecem a verdade, e simplesmente, sem temer a Deus, levam suas vidas a mercê do prazer momentâneo, mas buscam ao mesmo tempo a vontade de Deus.  Cansei de assistir essa cena sem falar nada.
A vontade de Deus, meus queridos, é simples, e vocês sabem disso. Basta um passo de fé e outro de compromisso para descobrir a vida plena em Cristo Jesus!

” A vontade de Deus é que vocês sejam santificados: abstenham-se da imoralidade sexual. Cada um saiba controlar o seu próprio corpo de maneira santa e honrosa, não dominado pela paixão de desejos desenfreados, como os pagãos que conhecem a Deus. Nesse assunto, ninguém prejudique seu irmão nem dele se aproveite. O Senhor castigará todas essas práticas, como já lhes dissemos e asseguramos. Porque Deus não nos chamou para a impureza, mas para a santidade. Portanto, aquele que rejeita estas coisas não está rejeitando o homem, mas a Deus, que lhes dá o  Espírito Santo
I Tessalonicenses 4.3-8

 

Súplica de uma jovem

Revirando e mexendo em papéis antigos hoje de manhã encontrei uma coisa muito especial, algo que a minha mãe me deu num momento que eu precisava, mas naquela época não dei o devido valor, mesmo assim eu o guardei, e hoje está lá, na minha caixinha…
Gostaria então de compartilhar com vocês esse presente, porém ele não serve só para garotas que estão buscando e sonham com o servo de Deus (isso tem um nome, namorado, marido. rsrs), serve também para os garotos refletirem.
Mãe, muito obriga pelos ensinamentos tão ricos! Amo você!

Um poema de Myrtes Matias,

Súplica de uma jovem


Dá-me, Senhor, ALGUÉM COMO DANIEL
Senhor, seria ingênuo e ridículo,
Se não fosse tão sincero o anseio.
Mas a quem buscar, com este coração sensível,

Este corpo frágil, e esta alma que sonha,
Se não a ti que me conheces,
Pois que me fizeste?
Quero amar alguém, Senhor, mas alguém

Que me ajude a chegar cada vez mais perto de Ti.
Reconheci que a felicidade é relativa,
E proporcional à proximidade Tua.

De que me aproveita ser admirada, querida
por alguém que não te conhece,
que não te reconhece como Senhor,
e amigo verdadeiro?

Quero ser para aquele que te peço,
Uma das demais coisas que lhe acrescentas,
Porque antes te buscou primeiro.
Quero um amor tão forte e duradouro

Como uma prova que de Ti desceu.
Capaz de compensar minha fragilidade,
Que, tendo como meta a eternidade,
Já na terra seja um pedaço de céu.
Não te peço um Davi de Miguel Ângelo,

Nem um César com poder na mão:
Peço-te um homem verdadeiro,
que eu possa chamar de “companheiro.”
que antes de esposo seja meu irmão.

Quero alguém que eu admire tanto
E que saiba tanto se fazer amar,
Que eu não me importe de diminuir
Para fazer grande o comum porvir

Do qual eu me orgulhe de participar.
Quero-o de joelhos diante de Ti,
Mas de pé diante do mundo cruel.
Que nada tema senão te ofender,

Que nada busque senão Teu querer,
Nos dias de hoje, um outro Daniel !

Está na hora da faxina!

Eu sei, eu sei.. está tarde para escrever sobre alguma coisa de começo de ano, mas como não fiz ainda.. hahaha vou te desafiar a pensar mais uma vez sobre isso.

Já estamos no dia 21/01/2011, mas e aquelas “promessas de fim de ano” estão sendo levadas a sério?!
Conheço pessoas que prometem que no próximo ano irão estudar mais no colégio ou na faculdade, irão caminhar, fazer aquela dieta, não vão mais se importar por estar solteiro(a), são tantas promessas porém a maioria delas não são cumpridas durante o ano, quando se vê chega-se em dezembro e tudo aquilo que foi prometido foi deixado de lado.
Tudo bem, todos já sabem disso, mas eu sei que isso é algo que acontecem com todas as pessoas, nós sempre queremos e planejamos algo para o futuro, mas o que me chamou atenção é saber que as pessoas fazem promessas para melhorar a sua vida espiritual como: vou ir a igreja todos os domingo, ou, vou ler a Bíblia de capa a capa, mas quando chega o fim do ano não cumpriram nada do que disseram.

O que isso tem haver com uma faxina?

Deus não quer só promessas de fim de ano, Deus espera de nós um compromisso sério de mudança de vida. Se estipularmos um compromisso com Deus esperando que só Ele faça a parte dEle, como vamos querer esperar as bênçãos de Deus pra nossa vida?

Hoje de manhã, logo que acordei, tomei o meu café da manhã e fui ajudar na limpeza da casa e fiquei pensando o que poderia aprender com ela.
As vezes a nossa vida está como uma casa suja, mas suja de pecados e compromissos falhos, e por muitas vezes nos acomodamos com a sujeira, porque é mais fácil deixar a poeira parada do que levantar o pó para limpa-la, mas uma casa suja trás bichos indesejáveis e doenças, e na nossa vida não é diferente,  o pecado e os compromissos não cumpridos nos trás  a doença espiritual.

E onde podemos encontrar cura?

Só em Jesus podemos encontrar cura para essa doença. Jesus limpa o nosso coração, Ele varre, ensaboá, enxaguá. Porém na nossa casa não basta uma faxina por ano, ou quando há uma sujeira das grandes,  Ele não quer que o procuremos só quando temos um pecado “gravíssimo” , pelo contrário, nós somos falhos e diariamente, erramos, pecamos e fazemos compromissos  com Deus sem dar a importância necessária.

Está na hora da faxina!

Desafio a você a fazer uma bela faxina na sua vida, a pensar no que você deve mudar, que compromissos irá firmar diante de Deus. Estamos apenas em Janeiro de 2011, não deixe isso para mais tarde porque logo você vai ver que está em Dezembro e que mais um ano se passou.

Carol Z.