A Mentira!

Certo dia, uma garotinha, de apenas 4 ou 5 anos de idade, estava assistindo em sua TV um programa que contava com a participação do público por telefone. Na época era muito raro as pessoas ligarem para fora da cidade porque era muito caro, e o controle de gastos estava até mesmo nas ligações locais.
A garota, muito esperta, logo decorou o número e quando ninguém estava vendo, foi ao telefone e discou para o programa três vezes. Atenderam, mas ela não chegou a dizer um simples ‘olá’ para se ouvir na televisão.
Passou alguns dias e chegou a conta telefonica, e o pai da menina achou muito estranho as ligações com o nome do programa, além do valor alto de cada uma delas. O pai conversou com sua esposa, e logo foram falar com a filha. A mãe disse:
▬ Filha, foi você que usou o telefone para ligar ao programa?
A menina sem pensar, respondeu:
▬ Não, mamãe, não foi eu.
Então, o pai reforçou:
▬ Filhinha, tem certeza que não foi você? – e ela respondeu:
▬ Não papai, não foi eu, será que não foi a minha irmã?
Os pais esperaram a filha mais velha chegar da escola, e quando chegou já foram logo conversar com ela. “Não mãe, não foi eu, de verdade pai, não foi..” dizia a menina mais velha quase chorando aos seus pais. Vendo a cena, os pais resolvem chamar a filha mais nova que estava brincando no quintal.
Quando a menina chegou, o pai, com muita sabedoria, com o telefone em suas mãos, falou:
▬Filhinha, mostra pro papai quais são os números que ligam para o programa da TV.
A menina em seu colo, sem perceber, discou para o seu pai o número do progama da televisão, sem problema nenhum.
O pai, então, lhe pergunta novamente:
▬ Filha foi você que ligou para o programa?
A garotinha respondeu:
▬ Não papai… – e não aguentou, logo em seguida começou a chorar e confessou que havia mentido e que tinha ligado para o programa.

“Portanto, cada um de vocês deve abandonar a mentira e falar a verdade ao seu próximo…” Efésios 4.25

A mentira, hoje, não é considerada como um erro grave, a cada dia se torna mais comum uma mentirinha aqui, outra lá, e assim vai se tornando uma ‘grande bola de neve’.
Podemos afirmar que a mentira está desde o início da humanidade. Adão e Eva pecaram, desobedeceram a Deus, então, quando Deus pede uma explicação, Adão deixa a verdade da desobediência e passa a responsabilidade para Eva, e Eva para a serpente (Gênesis 3.12-13), assim como a garotinha de nossa história, que na primeira oportunidade passou a responsabilidade para sua irmã, mesmo tendo a oportunidade de falar a verdade.
Vocês devem estar se perguntando “quem será essa menina da história?”, confesso, sou eu mesma. Lembro-me de cada detalhe, como se fosse ontem. Mas lembro também do grande amor de meus pais em me corrigirem, mostrando que não estavam preocupados com a conta do telefone, mas sim com a mentira que eu havia contado.
Da mesma maneira Deus aje conosco. A todo momento Deus demostra o seu AMOR para conosco, mas mesmo assim, não ouvimos e até mesmo insistimos que não há nada de errado em nossas vidas. Não falo somente sobre mentiras agora, mas sim de como nós estamos vivendo e testemunhando.

Aproveite para falar a verdade enquanto há tempo!

Caroline Z.

Anúncios

Um comentário sobre “A Mentira!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s